Sobre o Projeto

 

O Projeto constitui-se como principal iniciativa do Instituto e desenvolve atividades sócio educativas nas áreas de artes integradas, música e cultura, prioritariamente a alunos oriundos das escolas públicas (municipais e estaduais) na faixa etária entre 6 e 21 anos de idade.

Através do estudo e prática da música e das artes, estimulamos a proatividade e o desenvolvimento criativo de jovens e crianças, gerando oportunidades para a descoberta de suas aptidões, talentos e o adequado encaminhamento para o estudo e profissionalização.

Um pouco de História

O Coral “Os Canarinhos da Terra” foi fundado em 1996, pelo Maestro Américo Donizete Batista, atualmente tem como mantenedor o Instituto Cultural Canarinhos da Terra, organização da sociedade civil sem fins lucrativos e de Utilidade Pública,  tendo recebido nesta época, a honrosa MEDALHA CARLOS GOMES, que é outorgada  aos destaques culturais da cidade de Campinas.

Em dezembro de 1999, em viagem Internacional à Europa, representou o Brasil e América Latina no “XXX Congresso Internazionale de Pueri Cantores”, realizado em Roma, tendo sido recebido em Assembléia por SS o Papa João Paulo II, no Anfiteatro da Basílica de San Pietro no Vaticano e realizado ainda apresentações em Assis e Veneza.

Mantém convênio de parceria cultural com a Unicamp, desde 2003,  e desenvolve o Projeto sócio-cultural Canarinhos da Terra Unicamp, com cerca de 480 participantes em seus programas Escola Coral e O Coral na Escola.

Em 2005 desenvolveu o Projeto Cultural “Os Canarinhos cantam Lindembergue Cardoso”, em parceria com a UFBA e apoio da Unicamp, tendo gravado em 2007, o CD com o mesmo nome.

Tornou-se referência no cenário cultural local e nacional, obtendo em 2008 e 2010 o Prêmio Ludicidade Pontinhos de Cultura, pelo Ministério da Cultura, em 2009 foi uma das instituições selecionadas pelo Edital Pontos de Cultura do Estado de São Paulo, através da Secretaria de Estado de Cultura e Ministério da Cultura, em 2009 também foi vencedor da fase regional do Mapa Cultural do Estado de São Paulo (Sec.de Estado da Cultura) e em 2010 foi um dos vencedores nacional do Prêmio Areté –Eventos em Rede, pelo Ministério da Cultura através de sua ação cultural Concertos de Primavera.

Em 2012, em parceria com o Memorial Lindembergue Cardoso - UFBA, produziu o projeto cultural  "Encantos de Cordel - uma opereta Nordestina", aprovado com louvor pelo Ministério da Cultura, na Lei de Incentivo à Cultura, recebendo recomendação de levá-lo no formato de Concertos Didáticos aos alunos de Escolas Públicas, em virtude de seu conteúdo histórico, cultural e folclórico, realizando 10 apresentações para um público de cerca de 4.500 pessoas entre Campinas e Salvador. O Musical foi ainda selecionado para a mostra cultural da TEIA Paulista de Cultura, em 2013, e apresentado no Boulevard São João - SP-Capital.

Em 2013, 2017 e 2018 o projeto foi selecionado pelo Prêmio Itaú-Unicef entre os 10 melhores projetos do Estado de São Paulo, entre as instituições de médio porte, através de sua ação com a Escola Estadual José Pedro de Oliveira, em Campinas/SP.

O Prêmio Itaú-Unicef reconhece e estimula o trabalho de organizações sem fins lucrativos que desenvolvem ações socioeducativas, contribuindo, em articulação com a escola pública, para a educação integral de crianças e adolescentes.

Foi selecionado pela UNESCO para o Projeto Criança Esperança e recebeu este apoio durante o ano de 2018.

O projeto desenvolve suas produções culturais direcionando seu foco na formação humana, realizando assim o desenvolvimento de figurinos cenografia e roteiros através de processos de produção coletiva orientada por nossos profissionais e oficineiros e levando os próprios alunos a participarem do processo criativo e construtivo do espetáculo.
Os resultados tem gerado uma integração muito maior da equipe e dos alunos do projeto com o processo de produção e de elaboração de temas e roteiros, enriquecendo com isto a qualidade final destas produções.